a vida seria uma bobagem sem essas bobagens


quarta-feira, 22 de junho de 2011

Se nada faz sentido...

... há muito o que fazer (8)

(acho que esse foi meu pior post)



Por mais que eu tente releva e esquecer os erros, os sonhos sempre acabam sendo os mesmo pesadelos, de que adianta você dizer que se importa...?

As vezes Nx Zero fala mais sobre mim do que eu esperava, as vezes meu pai de coração da mais conselhos do que eu posso suportar. Tem dias que eu só quero ouvir qualquer música ruim e fingir que não me importo.
Fico me perguntando de que adianta julgar tanto a conduta das pessoas se elas simplesmente estão felizes do jeito que são. Ok, ela se veste mal e sequer consegue falar 'POBLEMA, POBREMA', mas aposto que de noite, quando coloca a cabeça no travesseiro sorri pelo dia que teve.

E eu, que vivo a risca e a margem, equilibrando entre trilhos do trem, não sei se posso deitar a cabeça hoje no travesseiro e sorrir pelo dia que vivi.
A noite começou a consumir a paz que meu coração encontrou quando um toque hostil feriu meu corpo, mais uma vez, e de repente a noite estrelada ficou tão fria e distante que eu só quis a paz.
Estou quase desistindo de esperar o tempo que me propus, não adianta, nada muda.

O toque hostil feriu na hora, mas as marcas vermelhas não são mais visíveis, mas agora outros machucados se abriram, e o que era amor se converte pouco a pouco.
Dói saber que estou tão longe da melhor época da minha vida, mas o que me consola é que eu descobri que tenho um novo sonho.

Eu vou morar em PoA, e nada me impedirá disso. 

Sei que hoje não sairam palavras bonitas, mas as sombras voltaram e por mais que agora elas não me afetem como antes, por mais que eu saiba como sair delas, é inevitavel não me machucar.

Se o tempo não for mais voltar
Boa noite Cinderela

Nenhum comentário: