a vida seria uma bobagem sem essas bobagens


terça-feira, 27 de julho de 2010

Retomando.

Não que eu já tenha encontrado alguma coisa que me faça querer seguir em frente, levantar e observar o céu azul em um dia frio.
Até mesmo isso me recorda o garoto dos olhos cor de mel envelhecido.

Foi um mal entendido que desfez toda a graça que minha vida teve durante esse ultimo ano, e talvez eu ão tivesse o que fazer, se a grade farsa dessa história não viesse de uma pessoa a quem confiei muitas coisas.
Bem, eu perdi até a vontade de contar a verdadeira história aqui, só de pensar no nome do infeliz já me vem nauseas e enjoo...

Aviso PÚBLICO para você: eu confio apenas uma vez nas pessoas, mas em você eu JAMAIS deveria ter confiado. O que você fez não tem dimensões.
Você disse que gostava mais de mim?! NÃO SEU INFELIZ, você jamais gostou de mim na sua vida, se gostasse teria me deixado ser feliz em paz...


Infelizmente para você e felizmente para mim, você caiu em sua própria teia de mentiras, disse que se arrepende de ter terminado com sua ex?! Então pq não dava o mínimo sinal de que gostava dela, alias, eu quem segurei o namoro de vocês no final, sem contar que você, ainda namorando com ela, tentou traí-la.
Mais uma coisa, quando me disse que eu apenas estava usando sua amizade,você obviamente já sabia bem o quanto esse tipo de coisa me atingia... Bem, há uma semana e 3 dias você desmentiu isso, falando que se afastou para me esquecer.
SEU MENTIROSO DESGRAÇADO, se queria me esquecer pq pediu para que eu demonstrasse me importar... Você não queria isso, você queria que eu terminasse com o meu namorado (por quem eu daria minha vida), queria que com você "pisando" em mim eu sentisse sua falta e corresse para seus braços.


Agora o mundo todo está me condenando e protegendo sua carinha de santo... justificam seus atos jogando o seu "amor" por mim em jogo.


Eu não renego o meu erro, mas ele começa em você.


Com toda a raiva que eu poderia ter.
Bella.

domingo, 4 de julho de 2010

Inversão! - Tão perfeita como jamais foi.

Geralmente nas férias tenho o estranho costume de trocar a noite pelo dia, mas neste sabado, mais do que nunca, a famosa inversão aconteceu.
Aniversário do Christian, e o melhor de tudo, eu de bom humor.

Foooi muito bom reunir com a galera velha e relembrar peraltisses de crianças, quando ainda inocentes, destruíamos apostilas de Ensino Religioso e chutávamos distraídamente o portão.
- kkkkkk

Foi uma noite má-gi-ca, interessante ver o grupo aleluia mais uma vez reunido, mesmo depois de velhos, mesmo com os novos e bem vindos integrantes. Ficou um pequeno vazio, o qual nós não deixamos em branco pois falamos MOOOITO deles, mas o Rafa e o Gui infelizmente não estavam.

- Christian (o dono da festa)
- Caetano
- Fábio
- Gustavo
- Gabriela
- éo
- Danilo
- Henrique
- Irmão do Henrique
- Marcelo
- Leandro
- Karina

Tamojunto e misturado ouvindo sertanejo, jogando truco e sinuca, falando da sétima e oitava série, revelando coisas sobre o colegial.
Sendo felizes.

Cantorias de bebados sem termos tomado sequer uma gotinha de pinga, caaausos de adolescentes adultos, disputas acirradas e tensas de sinuca, guerra de travesseiro no escuro (e muita "desgraça" nos olhos e na boca como consequencia), uma noite em claro...

Nascer do sol.


Agora, acordada depois de uma das noites mais engraçadas da minha vida eu simplesmente me pergunto por que a vida não pode ser feita desses pequenos e relevantes momentos felizes.
E eu me senti tããão bem ali, parecia até que estava me escondendo do meu eterno grupo de oitava série.

Legal saber que também não passo em branco... e ver que o Danilo não apela mais com tudo.
Os apelidos jamais mudam, as besteiras diminuem, mas eles ainda se esquecem que Gabys, Karina e éo somos GA-RO-TAS. xD

e tudo volta ao começo.
uma volta de 360º


Agora eu me lembro claramente porque no ultimo dia de aula da 8ª série eu chorei como se meu mundo acabasse; por eles.
Era disso que eu tinha medo? De perde-los? Faz-me rir agora, como dissemos ontem, serão duas semanas ou dez anos e nós estaremos rindo das mesmas coisas.
"É que nem Chavez"

Sim, como Chavez.

E faremos as mesmas palhaçadas, e ficaremos excluídas dos projetos dos garotos... eternamente as velhas crianças que se conheceram em 2006, mas que já se conheciam.


Posso estar soando melosa, mas o dia está tão bonito... Frio e com sol, da forma que agrada a mim e a quem amo... e estou tão feliz.
Senti falta de vocês meus amigos... amigos de verdade.

E agora entendo pq não desabei quando saí do Industrial...

Com alguns 11 anos de amizade, com outros 6, com outros 4, 3, 2, 1... meses.
sinceridade, amor, AMIZADE.

Como diria meu querido Rafa, estarão sempre ali, mesmo que se passe o tempo... mesmo que se esqueça por meses ou anos.
E eu também estou aqui, mais viva do que antes. Leve. Feliz.


Antes


Depois