a vida seria uma bobagem sem essas bobagens


sábado, 28 de fevereiro de 2009

Droga!

(01:48) Gaby's:
ta stressada?
(01:48) 'Anaa Flávia:
to triste
(01:48) Gaby's:
pq
(01:49) 'Anaa Flávia:
pq eu to me sentindo mais sozinha q o cão chupando manga num dia frio embaxo da ponte

'e cada vez que eu fujo eu me aproximo mais ♪

* e eu nem vi quem tv on hj *

/nãoprecisava.

{ mesmo que eu queira, são apenas as consequencias dos meus absurdos erros }

Conversas diversas ao tel.

Entre muitas conversas da Ana e do Victor, uma que só rendeu risadas...

Começando a semelhança entre o ratinho Stwart Little com um ser da vida real, tudo por conta de fotos com ela do orkut.

Depois, uma crise de ciumes costumeira da Ana com o Victor:
- Mas eu penso muito mais em você do que nela. - diz Victor bancando o fofo sedutor.
- Ahh que fofo. Quanto te pagaram pra você fala isso? - responde Ana estraga prazer.

Muda-se o assunto:
- E aí, o que você vai fazer amanhã? - pergunta Ana empolgada.
- Receber.

E os dois raaaaxammmmmm de rir!
E começa a sessão cantadas anormais...


Você conhece o tigre branco da Malária?
* não *
Uarhhhh, vem aqui que eu te apresento.

/rimuito

Eu aposto um beijo que você me da um fora.

/rialto

e a que ganhou por pior que já ouvi:
Você come ouro?
* não, pq? *
Pq vc é jóia.

/sematei.

Entre tantas coisas...

Fui ler meus históricos novamente.

Outro Rafael, agora o Laporte.
Chorei do mesmo jeito, as vezes de ri, as vezes de saudades, as vezes de desgostou ou raiva.
Mas na maior parte foi de emoção, cara tanta coisa.
( o bom é que como ele não tem mais nenhum interesse, ele não lê meu blog xD )

Peguei de agosto de 2008 pra frente.
Pelo menos uma vez por mes a gente tinha que discuti.

Agosto: Brigas + brigas + brigas.
Setembro: Secura humana dele, tanto que a gente se falo só um dia e por uns 5 minitos.
Outubro: Mes sem brigas fortes, principalmente pq o Rafael levo um sustão cmg chorando e começa com a idéia de que vou me matar xD
Novembro: (22:12) Anaa !! {: manoo
(22:12) Anaa !! {: vo frita
(q diabos é issoooo? Õò)
Sem brigas mesmo esse mes, mas o Rafael insiste com a idéia de que vou me matar xD
Dezembro: O mes mais docee, mó amiguin me ajudando e pah, pra no final ele me joga na cara q era por interesse. Mesmo assim da vontade de chora só de le T.T
Janeiro: Brigas + brigas + brigas. Brigas + brigas + brigas.

ééé, eu não entendo os amigos que eu ja tive, eles fazem de tudo pra me ve bem, depois exculaxam com a minha pessoa e enfiam uma bela burtina.

Por isso que eu digo que to sozinha, nem os melhores amigos e os mais sinceros são confiaveis, se eu tivesse depositado toda a minha confiança no Rafael, por exemplo, hoje estaria morta xD.
E esse é mais um dos motivos pelos quais estou nessa tristeza anormal.

Banalidades MERMO

/rialto
Agora eu percebi que minha melancolia é manha de guria carente mesmo kkkkk
Eu deii muita risada agorinha mesmo.
Não, fui liga na CTBC pra ve uns negócios de internet e tals, aí eu tava muito feliz até que descobri que tenho que FALA com a atendente eletronica.
Até aí tudo bem, mas caraaaaaaaaaa, começa assim.

Fale qual serviço você quer.
Aí eu 'telefone fixo'.
Aê ela da o numerdo de protocolo e pergunta se quer que repita, ae eu 'não'
A mulher 'entendo' kkkkkkkkkkk

É muuiiitooooo toskooo xD
Tpw, ela fica assim

Eu entendi 16 3723 7587, está certo?
Aí eu, 'não'.
Ela, 'desculpe, fale sim ou não'
E eu berrando NÃO.
Ainda não entendi, fale sim ou não.
NÃÃÃÃÃOOOO.
Entendo, repita o numero.
16 3724 ****
(som de alguém digitando no fundo) /issoébrega.
Eu entendi 16 3724 ****, está certo?
Sim.
Fale sim ou não.
SIM.
Desculpe, ainda não entendi, fale sim ou não.
SIIIIMMMMMM.
desculpe...

kkkkkkkkkkkkkkk
Dei muita risada, e no final das contas, não serviu de nada pq não é feriado pra entra na net xD
Meu Deus.

Desabafoooooo... /tristeza

Saber que o que me mantem na luta é uma hipótese, e que se depender, pode nunca vir a ser o que sonho é uma grande aflição.Sonhos de um futuro melhor, longe daqui, longe dessa loucura e de tudo que me faz mal.
Vontade de ser feliz.
Parece que a cada dia que passa, me sinto mais e mais triste e sozinha, de uma forma tão intensa, que quando fexo os olhos me vejo caindo em uma densa escuridão.
Para a pessoinha que mais ama dias ensolarados, agora nada mais faz diferença. Chuva, sol, frio, calor.
O que me tranquiliza é a noite, que me trás a mesma sensação de um constante entorpecer de nada. Parece que ela me compreende, que é tão acolhedora como as lágrimas que aliviam minha garganta.
Ela é solitária.

Me pergunto qual é a verdadeira razão de uma tristeza tão grande, tão de repente e tão sem motivos.
Isso vem vindo desde o ultimo final de semana nas férias, e a cada dia piora um pouco mais, como se fosse uma doença sem cura, que só tende a levar para o fim.
Ainda sim, parece que o que tem pelo meu caminho são erros, deslizes e consequencias.
Cada marca explícita do que não foi certo tem me acertado em cheio, e eu estou aqui, perdendo meu tempo digitando esse texto, enquanto deveria estar estudando para sumir dessa cidade e deixar tudo para trás.

Torço para que as coisas melhorem com o decorrer do tempo, mas alguns erros são imutaveis, algumas escolhas são eternas e algumas pessoas nunca vão mudar.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

O que há de melhor...



Beem, nem tudo são jilós, beterrabas e limões na minha doce eskolinha,q tem lá suas coisas boas.

E o melhor, de fato, são essas pessoinhas akee, que alegram qualquer dia ruim.
Laércinho, Alanzito, Thais, Well, Dii, Cesar, Ricardoo, Ane (minha irmãzinha gataa), ponto final.

Não vai te foto de toodoos esse luuxooos* da minha vida, mas tem do meu grupitchoo da sala (Alan, Tha y Laercinn).
Não teve trote de carna, mas a gente é feliz (pelo menos engana beem) e levo tudo as porcarias pra da umas risadas.

Confira a sessão de fotos disponivel nesse blog:










\o/ - Thais e euu, antes de começar a farra, em plena aula de História xD
__________________________________




\o/ - Minha galerinha gentenn booa, Alan, Thais, yo y Laercinhoo, ou melhora falando, Cup Nudes, Ribs, Basilar e Biotonico! xD
Ainda pode ser Marido, Juiza, Esposa e Filhoo xD

__________________________________






\o/ - Olee, lele oooo, lele ooo, ele é o meu amour!
__________________________________







\o/ - Os mais louquinhos neah? Dona Ana (éo), Laercinhoo, Alanzitoo e Thais Hobtizaaa *-*

________________________________




\o/ - Aula de Informatica... e eu com o colar no pescoço xD
P.s.; a Tha criou uma suuper discussão e votação para a cor da minha blusa:
Amarela alaranjada (x)
ou
Laranja amarelada ( )
__________________________________
\o/ - Genialidade do Alan, serpentina de papel crepom no ventilador *-*
__________________________________
\o/ - Lindaas *-* /anteninhasecolares
Fikamos parecendo pakitas da xuxa, só que marcianas xD
Para ver as fotos melhores, click na imagem meubem!

10.000 motivos...

*Gosto de nostalgia na boca*

Me lembro exatamente do dia em que ouvi pela primeira vez o 10.000 Destinos (que por acaso foi o Adriano que me emprestou), estava eu de castigo e coloquei o CD pra toca meio que escondida, e de 19 músicas, só reconheci 8 e olha lá.

Pergunta: Afinal, que diabos é isso?
Resposta: Um CD do Engenheiros do Hawaii, que eu amoo de paixãão.

Essa jóia nacional, para mim, tem gosto de nostalgia sim!
Me lembra meu primeiro colegial, e foi ele que desencadeou minha 'louca paixão' por essa melhor banda do mundo toodooo.

*o blog é meu e eu falo até que gaiola das popozudas é a melhor banda se me der na telha /mauhumor.*

Me recorda Harry Potter e as Reliquias da Morte, que por acaso foi lançado nos EUA no mesmo dia em que teve show do EngHaw em Franca *--*
Fala se não é muiitaaa coincidencia ;)

O CD é ao vivo, por isso fica um pouco mais dinamico e instrumentado do que
akela coisa de estúdio.
Ele é bem tranquilinho, com letras de impacto social
e emocional, que lidam com tipos de emoções completamente profundas, e de
dificil entendimento.
Entre metáforas, antiteses, paradoxos, eufemismos e
etc, Humberto transforma poesias em obras-primas, pois suas forma de escrever
impressiona até mesmo os melhores.
Além de letras maravilhosas e frases de
profundo impacto, a voz desse compositor é de tirar o folego de qualquer pessoas
em sã consciencia.

Humberto Gessinger é O CARA, e nesse final de semana, 10.000 Destinos é O CD ;)

/muxeiabarrigaprabateafotenhaaxD

Brincando de Escrever


E eu to assim...
Jogada pelos cantos,
Sorrindo e chorando,
A beira do nada
Esperando por tudo
Na
madrugada.

De passagem sem fim
Por dias ensolarados
Com a alma
doente, coração machucado.
Vivendo e sonhando,
Aprendendo e ensinando,
Errando e acertando,
Longe da vida esperada.

Ouvindo Rock'n
Roll,
Cantando com a MPB,
Chorando com o internacional,
Perdendo
horas na TV,
Enquanto rola o comercial.
Desejando o que nunca vou ter

Destruindo em mim
Sonhos de um futuro perfeito
Sem medo, receio,
defeito,
Mentiras, maldade e dor
Sonhos de menina-moça
Vontade de
viver de amor.

Desejo sem fim
Que nunca verá a luz
Uma vida
discreta
Que para a felicidade conduz
Mas a lágrima derramada
Para a
realidade me trás
Sigo em frente acabada
Sem choro, sorriso. Sem
nada.

Desabafooooo...


*Começa a tocar 'Primeiros Erros'*

Acabo de abrir uma foto minha e de um amigo.
Amigoo... akele que já falei aqui a pouco tempo.

Lembro de quando a gente bateu essa foto, tava andando ele, eu e mais duas amigas minhas.
As duas fofocando, e do nada ele me puxa com o cel novin delee e bate um foto de nós dois.
Para que raios eu fui asha esse diabo de foto? Deu uma imensa vontade de chorar, mas eu engolii, bunitinha.
A gente tah parecendo um casalzin na foto, o jeito que ele bateu ficou diferente, aff, a foto é ridículamente velhaa, tem mais de um ano.

Realmente, 'se um dia eu pudesse ver meu passado inteiro, e fizesse parar de chover nos primeiros erros. ♪
Só chove.

Seleção de músicas erradas, na noite errada e com a foto errada, me começa a tocar *Eu nunca disse adeus /Aquela noite que eu te conheci eu acho que nunca vou esquecer... ♪*

/semateinervoso.

É complicado, mas admito: eu ando mais carente do que nunca.

Grande porcaria pra quem lê isso...

Mera continuação...

E ainda infeliz.
Minhas férias foram o que pedi a Deus, como diria meu ex¹²³ lema (roubado, claro, do Alê), o que importa é ser feliz.
Eu tava sendo feliz, nos meus dias ensolarados e chuvosos (na maior parte, chuvosos), mas depois que os dias ficaram literalmente ensolarados e o Indu voltou a ser minha rotina, tudo parece ter descolorido.
A cada manhã que acordo para ir para a escola um forte arrepio de desgosto tende a subir por meu corpo, mesmo sendo constantemente alegre lá dentro, com meus amigos.
Um ar de falsidades e mentiras vive naquele lugar, além de fofocas e injustiças.
É um sacrifício por uma vitória.
Um ano de infelicidade para uma chance de viver feliz depois que tudo tiver fim.

Falando como Swan 9


Sozinha.
Não de companhia, mas de alma.
Gostaria de poder me perder novamente nos olhos topázios do Edward e esquecer essa solidão que habita a cada dia mais meu coração.
Um pronfundo poço vazio e escuro que tem me atormentado todas as noites.
Me vendo sozinha, e na maior parte das vezes, com medo, não tenho certeza de nada.

Mas ainda sozinha.
Tenho que enfrentar meus fantasmas na amargura da solidão.Eu que me sinto sozinha, por dentro, comigo mesma.
Desencaixada da minha sutil realidade, fora dos padrões normais, excluída dos adolescentes da minha idade.
Mesmo sempre estando ali, presente, sorrindo e cantando.Sozinha pela família, pelos amigos, pelos amores.
Ainda que eles estajam ali.
E sabe que eu acredito que tudo vem de duas coisas: meu desespero em passar no vestibular, que tem constantemente me deixado em depressão, por medo e pressão; e também, por minha incrivel e idiota necessidade de querer e ser querida.

êêêêêÊ, pode olha beem pra minha cara e dize o que ja ouvi: Se ferro!
Bem feitoo pra mim, fiz merda e agora tomo.

E sabe que nas férias até arrisquei ser 'feliz' com algo beeem tanto faz, mas as coisas chegaram a um sentido tão literal que começou a me fazer mal.
Conclui apenas o seguinte: deveria ter ficado quietinha, taria tudo beem e eu não estaria dividida entre dois mundos.
Cara, ressurge alguém na minha vida, e o que tava ali, pelo menos nakeles dias, resolve exculaxa legal, comofas?

Sozinha.
Ninguém entende esses problemas, ninguém consegue sequer aceitar que eu gosto de dançar funk e axé, simplesmente porque me alegra oras.
Ninguém se importa realmente.
Sabe aquela música do Chico Buarque, que eu ouvi pelo Engenheiros? 'Quem me ve sempre parado, distante, garante que eu não sei sambar. To me guardando pra quando o carnaval chegar...'
Eu tava me guardando para quando o carnaval chegasse, mas abstratamente ele NUNCA CHEGA.
No literal, ele chega mas eu fico presa em casa. Só porque eu AMO carna... já me acostumei com tudo dando errado.

Sozinha.

Desabafoooo...


A estrelinha da festaa da Dora continua sendo meu xodó no quarto, as vezes fiko olhando para ela por um tempão, pensando em tudo o que anda acontecendo.
Me lembraram de problemas banais e eu fiquei completamente perdida na resposta, porque agora que ando me preocupando tanto com o que eu deveria ter dado valor há tempos, o passado parece tão resto.
É tão complicado pensar em vestibular e sentir vontade de ligar a TV para ver o Mar, ou escrever pro Di. Mesmo que besteiras, são coisas que eu gosto.

É complicado perder, que seja dez minutos, do meu tempo, pensando em alguém que nem pensa em mim...
Talvez até, dois 'alguém', afinal um tem me desanimado de gostar dele e o outro ressurgiu do nada e quem sabe, vai embora do nada.

Coração dividido, pensamentos centrados em um objetivo.
Porque não se pode ser possivel gostar e estudar ao mesmo tempo?

Ainda bem que tudo anda superficial ou inalcansavel, assim além de ter meu tempo apenas para minha futura faculdade (se Deus quiser e eu conseguir), sofro menos porque vou ter com o que me preocupar de verdade.
E por mais que seja 'coisa da idade', não vou deixar de me levar por paixões e intriguinhas, afinal, ainda tenho meus 16 anos (pelo menos eu acho).

Brincar de ser responsavel, ou melhor, ser responsavel sem ter tempo para brincadeiras anda me dando fome e sono.
Mesmo assim, estudei o dia todo para que de noite pudesse ligar minha TV e ver o que me salva desse mundo, Marcelo Adnet.

Pc ligado, ouvindo Vanessa da Mata, depois de ouvir um CD do Legião Urbana *-*
Talvez de para conciliar viver com futuro.

E meu coração continua confuso.
Como cabe tanta coisa na cabeça de uma pessoas só?

Meu Deus, protegee. Pagode Õò

Meu Deus, acho que cheguei no cumulo da depressão pós sei lá o que.
Séério, eu não posso estar bem, acabei de me dar conta que to ouvindo PAGODE Õò.

Tpw, eu coloco musica por pasta e nome de cantor, mas pagode, como eu naum tenhoo praticamente nada, eu colokei tudojuntomisturado, mesmo pq não é algo que eu escuto.
Ae abri hoje, Rihanna, ouvi mó felizinha e tals; mudei pra CPM e agora, me dei conta que estava cantando

'eu me apaixonei pela pessoa errada
ninguém sabe o quanto eu estou sofrendo
sempre que eu vejo ele do seu lado
morro de ciumes estou enlouquecendo

uhhhh
fica comigo...'

Fim de linhaaa mesmo, depois dessa, se existia alguém que gostava de mim, pode se mataa aê pq pelo amor de Deus.
Genten, eu to pasma, em-bas-ba-ca-da!
Depois da estranha ter ganhado a musa do carnaval do RJ, esse fato ta sendo ABSURDO.

Desde quando eu gosto de pagode mesmo? Aff, eu fiko enxendo o saco quando falam mal, mas eu naum eskuto nem Inimigos da HP q é passavel, faz maior tempo.
E o melhor, eu to digitando o post aki e não trokei essa porcaria ainda.

Que me deu?
Febre, só podee... xo tira essa porcaria antes que tenha um ataque epilético, que nem o Kiabbo quando ouve MPB.

Mudei pra Reaguueee, mas afinal, desde quando eu ouço isso? Eu axo reggue decadente, se bem que melhor que pagode, até funk meubem!

Decadencia humanaa... sematei*

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Frieza...

Nevasca.
Mesmo sem nunca ter conhecido a neve, parece que ela anda cercando meus dias, tudo anda tãão frio.
Parece que o fogo só queima quando existe algo químico no ar, ou quando me encontro no aconchego do abraço de um dos meus amigos.
Fora isso tudo é neve, tudo e todos são frios.
De que vale beijos ardentes se depois o fogo vira cinzas; de que vale um sentimento queimando forte no peito sendo que ele se congela a cada certeza; de que vale fervorosos esforços de ver tudo bem já que depois, o frio acabará ganhando.

Não, simplesmente eu não entendo o porque, afinal, eu sempre disse que prefiro mil vezes o calor do sol do que os dias de inverno.
Mesmo no sentido literal e não ando tendo sorte, só chove e chove.

Chuva já foi legal, mas... fogo apago sakas?
Não que não se possa ascender, mas essa não é exatamente a questão, o que anda mesmo me incomodando é o frio que fica nesse vácuo de tempo.

E já falaram que sou fria, literalmente.
Mais frio quem me chama, abstratamente!

E daí, sou só eu com meus problemas, quem realmente vai se importar com isso, afinal de contas, se alguém se importa é porque tem 99,8% de interesse para seu lado.
Quando deixar de ter não vai mais se importar.

/neah Rafael Laporte?

E daí novamente, ninguém vai mesmo se preocupar com isso.Não queria ver tanta falsidade e superficialidade nas coisas, mas quando alguém me pergunta 'tah tudo bem mesmo', sabendo que não tá, depende muito da pessoas para que eu conte que seja um nada.

Eu sei que é superficial.

Queria uma coisa verdadeira, que nem eu vejo com o Alan, mas não posso pedir demais, vou realmente contentar-me com o pouco que me é oferecido, pode ser o suficiente se eu quiser.
Continua frio, mas já não é mais o tempo e sim o que rola por aí.

Furffles on the Beach 6

Mesmo na mior crise de MTV /Tv /Pc /Cel da minha existencia, eu assisti contra a vontade de minha adoravel mamãe o Furfles on the Beach.

Até agora eu não sei definir exatamente sobre o que eles falaram, acredito eu que foi sobre os esportes de praia e sobre o que tem de interessante por lá xD

Esportes:
*Patricinhas em crise: kem é mais magra
*Paulista x Carioca: kem pega mais
etc.


Pois se, prometi e continuarei cumprindo, sem delongas nas descrições pra naum parece o blog do Mar xD

minhas anotações foram poucas dessa vez, mas deu pra ri assim mesmo;

Começa com uma aula de Ioga, que só tem graça no final, por causa dos erros (ver final do post)

Paulista com seu aparelho supertecnológico (sim! um aparelho que marca com quantas minas o cara ficou, e que distancia elas estão dele...) vira para o carioca e fala q vai da uma volta, carioca que tava contando vantagem se irrita super:
- Ta de sunga pra que? Vai mergulha no tietê? Cuidado cos coliformes!

/euri

*momento 'eu lembro de Crepúsculo vendo até Jorge Kajuru, quizá Furfles:

Carioca exibe seu carrinho rebentado e fala das minas que já pego nele; Paulista exibe seu POSH AMARELO (Aliceeee) e fala de tudo o que já coloco dentro dele: som, bancos de couro, sl oq, sl oq xD*


voltando...
Marcelo dorme e Kiabbo, tãão responsavel, depois de ter seu violão FURTADOO (um esporte muiito praticado nas prais brasileiras, a maratona de kem rouba mais, ou algo parecido *obs para Dani e Mar fazendo um casal de trombadinhas), beem, Kiki acorda o Mar que proferi a pérola:
- Tava olhando para dentro.

genten, mas eu ri muiito nessa hora /lendoassimnaumtemgraça ¬¬

Danii imitando surfista gaúxa foi foufo, ela tv lindissima e sl, parece que a Sra. Adnet emagreceu pakas /inveja (6)
Beem, ela falando sobre 'como é dificil ser gaúxa xD' me fala a famosa frase da Kika:
- Cobertor de Motel tem cheirode bunda.

Eu tive que comenta ow, ela fala no meio do assunto, uma coisa tipo Fatima Bernardes da receita de bolo de maracujá no jornal nacional xD

*musikas do Lúdico todas fodásticas.
Mas para minha pessoa, a melhor parte (tirando os erros) foi quando o Mar vai sai do elevador e da de cara com o Lúdico peladãão (obs: que a sunga laranja dele aparece depois maas...)
Gente, a cara que o Marcelo faz de 'sematei, comofas?' foi tãão engraçada que eu tive que abafa minha risada com o travesseiro xD.

A parte da praia de nudismo eu ashei sem sal, e teve o Lual que foi uma graça como seeempre!

Mas o melhor, sem dúvida, foi ve os erros...
*Marcelo dando a aula de Ioga e fazendo o Kiabbo cai super
*Kiki xingando o Mar
*Dani xingando o Mar e ele apelando
*Mar rindo do Lúdico peladão


*Dica da Bia e Branca by Dani:
- Biaa, como que a gente faz pra esconde bordinha de OB na praia de nudismo?
- Não sei Branca, bota uma estrelinha e fala q é um terere xD

Legal foi que eu mudei de canal pra ve o BBB, prova do líder, aê o querido Bial me faz o mini hang loosee, quasee morri ;)

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Desanimando...


Depois de me declarar a a boas e belas palavras, repensei sobre tudo e cheguei a uma conclusão: não vamos mexer com o passado!

Infelizmente eu não posso corrigir o erro, e antes que eu veja a minha amizade com esse garoto escafeder-se, eu vou permanecer na era do gelo mesmo. [trocadilho q no max um pega]
Enquanto isso, vou me preparando pscicolágicamente para suportar mais um ano ao lado de um gurii que tende a me deixar transotornada.

Simplesmente não me atinge, mas é legal pensar que ele vai marcar para sempre... e agora que vejo, esse ano vai ser o que menos vai importar o que ele é ou deixa de ser em minha vida....

Enfim, tudo está correndo bem, mas minha vida só voltou ao normal há uma semana!

P.s: sobre o garoto que me deixa transtornada, acabou-se o sentimento mesmo

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Falando como Swan 8


00:45 - acabei de voltar do niver do Rafa.

Não suportava mais a vontade de desabafar com alguma coisa sobre o que estava rodando em minha cabeça.É impressionante com as coisas são.
Porque nossos caminhos nunca podem andar juntos? Porque sempre tem que haver algum sarcasmo rindo da ridícula falta de encontro de nossos sentimentos?
Eu não pude ver que tudo o que eu procurava em outros lugares, se encontrava ali, diante de mim.
Não pude notar que o amor que eu sempre desejei, estava sendo oferecido aos montes e eu, gélida como uma nevasca, desprezei sem piedada, ferindo profundamente um coração sincero.
Fui idiota o suficiente para não ver que o Edward que qualquer uma gostaria de ter, se ajoelhava aos meus pés se fosse necessário, e eu simplesmente ignorava suas provas de amor.
Se eu pedisse, ele cantava até que eu dormisse. Ele ficava no meu quarto a noite, me ninando e protegendo. Ele seria para mim o que eu não fui para ele.

Despertei de seis meses de escuridão, para me deparar com tudo mudado, pois afinal, ninguém iria esperar que eu me tocasse que escolhi caminhos errados.
Todo mundo seguiu em frente, e o que mais me mata, ele também.
E agora que ele conseguiu recuperar sua paz depois de mim, eu perco a minha paz por ele.
É tão injusto, é irreal e é merecido.
Não por minha falta de amor, já que infelizmente não foi possivel mandar no meu estúpido coração (e que eu juro que se pudesse ARRANCAVA), mas por minha falta de sensibilidade.
Ele cantaria para me ninar.
Estive quase a ponto de desabar desse muro de alegria e proteção que coloquei em volta de meus proprios sentimetos, estive a ponto de quase estragar tudo o que havia voltado ao normal.
Aperto de mãos, apenas bons amigos... ♪
Mas consegui superar as fraquezas de meus desejos para não quebrar a estabilidade que ele me disse que demorou a alcançar.
Não iria fazer diferença, era mais do que notavel ver como ele se encatava com outros encantos. Não iria nem tentar corrigir talvez, o maior erro que já cometi.

Nós dois sempre assim, um de um lado e o outro do outro. Nunca podemos nos tocar, nunca estamos realmente juntos.
Começou assim e vai terminar assim, ele sofreu por mim e agora eu vou sofrer outra vez por ele.
Em silencio.
Quem sabe mantendo distancia, ou fingindo não ver nada. Inventando desculpas para ações involuntárias, e até mesmo apoiando suas decisões que podem me destruir em um minuto.
Segurando o choro, assim como essas ultimas quatro semanas, depois de um reencontro nada esperado, e de uma volta anormal de um sentimento que para mim, estava morto e enterrado.
Mas nessas madrugada nada foi mais forte do que minhas lágrimas involuntárias, caindo forte por meu rosto, e meus tremores fortes e absurdos.

E eu só me pergunto porque a vida não pode ser um pouco menos megera com nossos corações, nos fazendo felizes nos exatos momentos.
Porque eu não pude perdoar e amar no momento em que ele me ofereceu tudo o que agora eu quero?
Destino sarcástico.
Tive que me esforçar para esquecer a cena que me veio em mente, a ultima despedida antes que nossos mundos se separassem.
Porque as coisas não foram diferentes?
E eu finjo não importar, que tudo não levou a nada e que estamos aqui.

Escutei 'Pra ser Sincero' hoje, eu nunca senti um desespero tão forte de sair de algum lugar, enquanto ouvia 'talvez eu diga, minha amiga, pra ser sincero, prazer em vê-la até mais'.
Não sai correndo, apenas cantei, como se fosse qualquer letra...
Mas agora a única coisa que ecoa na minha cabeça é a doce alterada de voz no 'Pra ser sincero eu não espero que você me perdoe'... ♪
Por que eu não espero.


Afinal, o mundo girou e quem está por baixo agora sou eu.
O pior castigo que podia receber por meus INUTEIS E IMBECIS erros no passado.

Parabéns Ana, agora aguenta.
Droooogaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, fiko o perfulme no meu pescoço e eu conheço mt bem esse perfume ¬¬
Agora, para o resto da noite vou fika com esse cheiro no nariz =x

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Brincando de Escrever

Saudades de quem eu não vejo há tempos.
Daqueles tempos onde o segredo era o centro da diversão, e que meus sentimentos não era reprimidos, só não podia citar nomes.
Onde podia desabafar e com quem podia desabafar.
Falar de tudo e nada, sem pensar em qualquer outra coisa e sem ter segundas intenções.
Saudades do receio de pegar na mão e na liberdade de conversas banais explicitas a quem quisesse ler.
Agora parece distante a idéia de normalidade, e também, longe demais o que me fazia bem.
Não que se importe, não que faça diferença, não que seja relevante para tal, mas sinto saudades da época que parecia, pelo menos por um instante, que havia algo mais do que simples modo de se divertir.
Que havia alguma importancia.

Brincando de Escrever

Um olhar perdido em pensamentos depois das duas ultimas noites de sono. Sonhos atormentando o único descanso da realidade.
Não só isso, mas uma gélida lágrima transcorrendo uma face pálida pela falta de forças para se levantar do chão frio.
Desejos e medos, vontade de dizer o que sufoca uma garganta sedenta, de dizer o que sente e ao mesmo tempo, de terminar o que nem sequer começou para todos.
Um segredo entre duas pessoas, como se fosse um crime sem perdão, um erro ou uma infelicidade.
De tão insignificante por um lado, não houve interesse de levar a sério a brincadeira de se fazer feliz por alguns momentos, enquanto existe a companhia.
Um pouco de carinho e tanto mais de atenção se tornaram duas coisas impossiveis no que se chama não levar a sério, como se isso fosse um sentença para fingir que não é.
Ao mesmo tempo, um passado sólido e doloroso, mais uma vez volta a perseguir a tranquilidade dos problemas banais.
Um desejo que não parou com a dor, que não silenciou em outras pessoas e que parece queimar intensamente, mesmo uma vez já tendo sido saciado.
Como se o sentimento fosse puro a ponto de sobreviver a sua própria morte, e ressurgir mais forte e maduro.
'Porque uma vez amor, amor eternamente'
Uma divisão entre dois caminhos que levarão ao mesmo lugar, em um, tudo da maneira superficial e sem a minima intenção e verdade, sem o minimo sentimento; o outro, pelo caminho já feito, sabendo onde existe cada buraco, mas sabendo que o fim sempre é absolutamente NADA.

Furffles on the Beach 5

Ahhh e começa o melhor programa da MTV numa quinta onde estou de castigo e não posso assistir TV.Problema... eu vo assisti e naum to nem akê.

Nem quero fazer sinopse (prometi deixa de paga pau pro blog do Mar, mas eu anotei o que mais me fez rir).

Só explicando, o programa falava sobre os points das férias e sobre os bêbados ;)
*ver o Mar dançando até o chão, e ve a quabradinha do tchan me fez piraa xD*

"Visite Floripa e não eskeça de ir embora" - habitante local sobre o transito no verão.

Tipo de bebados:
Bêbado GVCPC (gosto de você pra caramba).
Bêbado profeta. (pregando o fim do mundo).
Bêbado que conta vantagem (um gauxinho xD).
Bêbado novo rico (que paga a rodada pra todo mundo).
Bêbado depressivo (Dani lindíssima, 'todo mundo me bate).
Bêbado auto suficiente (aquele que pode tudo).
Bêbado valente (aquele que sai batendo).

Marcelo Passando mal: ECAAAAAA, SEU PORCO (By Ana).

'bebado que é bebado quando bebe um, dois, tres, quatro, sempre canta. e é sempre o mesmo repertório, pq é sempre o mesmo repertório?' /rialto

Você é luz, é raio estrela e luar... (lembrei do Well).
+ Hino do grêmio. (lembrei do Humberto).
"Quem é o tigrão" - Marcelo para Kiabbo com mascara de tigre.

/euri

Inutilidades noturnas

Estou eu, escrevendo Marcelo Adnet na minha folha de anotações (que ontem era de química), quando começa uma propaganda da oi!

"Se a gente fosse igual as outras
cheia de mesmisse e blá blá blá
Faria tudo igual, igual
um mesmisse colossal"

Comecei a cantaa junto co a propaganda, mó feliz...
Eu a-do-ra-va esse propaganda e ela tinha parado de passa, e ae, pensando no meu amor de vida real (o Mar), ela volta.

E a Ana leva a sério a história do 'O que importa é ser feliz'Adoorooo¹²³

Lembra desse lema (enquanto tento imita sotaque de gaúxo que eu acho a coisa mais bunitinha mas nun consigo faze) me fez fika meio assim.
Pensando que é isso mesmo... sabe que eu andei mei amuadinha pelos cantos, pensando demais em pouca coisa.
Sei lá, falta de atenção de algumas pessoas me deixam mei pra baxo, principalmente quando não é uma relação qualquer.
Yo que 'no estaré loca perdida por un hombre que no tienes nada para darme solo un duro corazón (8)

Fikadika...
Mãe do céu, olhei pra cima na TV e vi a Priscila (BBB) com uma roupa tãããããoooo feia que desanimei, parece uma abelha. Credo!

Fora outro dia que to lendo meus históricos mó feliz e me sai essa pérola premonitiva xD:

(20:19) RaFaeL: tenho certeza q muita gente ja se ferrou por Rafael´s, Marcelo´s, Cintia´s, Augusto´s, seja la o q for

isso em junho de 2008

Coisas da madruga /comcerteza

Furffles on the Beach 4

*Comecei a sentir que estou plagiando o Blog do Mar, fazendo meus resumos falando do Furfles, mas sei láá, eu amo tantoo que é legal conta, mesmo assim, a foto é do blog, mais do que merecido divulgar novamente o dito cujo tão falado por aqui*

www.marceloadnet.blogpost.com

E começa o terceiro Furfles on the Beach, com Mar sugerindo o tema:
Casais...

O que se pode comentar de ve ele e a Dani imitando:
Casal em crise;
Casal ciumento;
Casal 'be happy';
e etc.

*obs: eu vi o Lucas da Fresno nakela parte dos casais se agarrando na praia de dia, mas como não é certeza, fikaduvida*

Sem comentário para a prima do Marcelo neah? Kiabbo, ta pegando geral HAUShaUHSuhaUshua
Madame Mim de mulher de playboy me fez ri muita altooo, dessa vez ela me surpreendeu.
Dani e Mister Lúdico de casal heppie e ela com um filhote na barriga, sendo chifrada por uma arvore foi complexamente engraçado, mas sl... ele é medonhooo!
Foi tão fofo ve a Dani e o Mar de casalzin, fora que no final, ve os dois rindo de um não tah falando com o outro e da briga por ciumes foi fouuufoooo *-*

O melhor para minha humilde pessoa são os repentes do final de cada bloco e do ultimo bloco, eles lá no Taikô (?) tocando um violão e improvisando umas coisas.
*xonei no Mar cantando exagerado imitando o mestre Cazuza*

Dexa eu limpa a baba aqui, pq tah mais q na kra q eu so puxa saco, mas sl, ele tem um talento que eu fiko de kra Õò.
Asho que o Mar é dakeles caras que vai lá, da seu recado e dexa marca, por isso ele tem crescido cada dia mais.

Afinal de contas, fazer comercial da chevrolet não é pa qualquer um, ainda mais com a catiguria dele ;)

Gordo Chic Show

Ana espera ansiosamente a entrevista do Gordo com o Marcelo Adnet, fexa a porta do quarto, aumenta a TV e começa a vinhetinha cheia de mulher ¬¬
Depois aparece o Gordo e logo em seguida a inspiração dos meus sonhos.

Marcelo trajando uma camiseta verde e uma bermudinha leleske, co óculos escuros e chinelão de dedo.
Não adiantava nem o papa aparece agora, era só ele que eu via na minha frente.
Queria te gravado a entrevista, e olha que assisti a reprise que passo na madrugada de quarta, mas nem deu, maldito MP4 sem bateria ¬¬

De tudo o que aconteceu, o que mais me encantou (fora a sinceridade dele) foi ver o homem que aquele cara é.
Não, porque frequentando o blog e vendo ele nos seus programinhas de humor /videos, a única parte dele que eu conheço é a cut cut e engraçadinha.
Lá não, o cara mó sério, respondendo tudo sem fica fazendo gracinha (tirando que a gracinha que ele faz foi extremamente sem graça).
A risada dele é tão, mas tããão engraçadinha que eu quase chorei quando ele riu.
Fora que ele não é ambicioso, quer tudo no seu tempo e quer realizar seus sonhos, ele é demais!

Marcelo Adnet no Gordo Chic Show:
Dirigii uma BMW aki e ashei mó ruin, passei em frente aos pedreiros e falei 'maldade' HASUhAUShauh

*--*
Fala que ele não é um doceee

Fora na hora que passou um helicóptero e ele deu um tchauzin tpw criança, rindo todo bonitinho.
O Cecelo é tudo de boom.

Asho que me surpreendeu enxergar ele como sério e mais velho, sem aquela coisa adolescente que ficava em volta, e sem nenhuma puxa saco (tpw éo) falando que ele é um fofo, nenê mais fofin, cut cut da Ana e etc.
Marcelo leva o que faz a sério, e não brinka em serviço, ele tava ali para um entrevista sobre ele e não para ficar imitando e fazendo os outros rirem.

Por isso cada dia mais me surpreendo com o que esse ser pode fazer, tanto em seu potencial artístico como com seu poder de me deixar embasbacada (adoro essa palavra).
E desculpem aos demais, mas ele sério foi Sexy* (6)

Akelas amigas q marcaram

Gabys - akéla que marcou mesmo as férias, acho que todos os melhores dias ela tava por perto, sei lá, amiga mesmo sabe (de 10 anos neah??!!) / orgulhodamamãe xDEla é demais (By Frankilin)

Thais - shops pra me alegra, voltenhas felizes, e altos papos; discutindo malhação, filosofando sobre o futuro ou só falando besteira, ela me fez sorrir e me escoro naqueles dias ruins.Y tus ojos son luz que me llena de luz (By Any)

Dora - nas conversas sobre o Edward ou dançando até o shão, ela me lembro o quanto é gostoso fala de nada, pensa besteira e se feliz com pouca coisa.e parecia uma fadinha. (By Bella)

Gabii Prieto - sl pq senti que ela que me trouxe de volta ao melhor universo que existe, meu grupinho da D.A. Gatchíssima como só, me fez rialto com os ALTOS ROLOS dela xDMione, você é demais (By Ron)
Lúh - gatíssimaaa, que danço até o shão cmg e me convidou a ser vela da Gabii co Doora ehehehe... améi. Akela q eu confiei meu atual e único segredo, pq ela é incrivéél.Ela tinha q ser a Esme (By yo)
Ane* - a gente conhece pessoas que sabe que SÃO... Ane foi assim, altas coisas em comum, altos 'até o chão', conversas loongas nas festas e boas risadas. A ponto de confiar mesmo nela.Isso até parece magia (By Lockhart ?)

Carol - mãe adotivaaa ;) conheci ela como a Belatrix, e agoora, pra mim é uma grande amiga, de altos rolos e risadas. E ainda me compara com uma atriz famosa Õò.Incrivel (By um monte de gente)

Gabi Anschaw - lembra de como era bom ser eu mesma quando todo mundo queria o contrario, e ver que valeu mesmo a pena, já que o que ficou foi apenas isso.Entenda que amigos vão e vem... (By Pedro Bial)

Taísa - vizinha de fofoca, novelas, rolos ou etc. Ela é dakelas que vem aki em ksa, me chama pra pergunta uma coisa e a gente conversa uma hora sobre nada.Impossivel ficar entediada com você (By yo)
Sem fotos ;)

Volta as aulas...

Já tinha me visto em desespero por tudo, mas por voltar para a escola foi a primeira vez.
Que fique bem claro que não tem nenhuma relação com o povo duas caras daquele Indu, nem com qualquer pessoas que está por akeles lados.
É desespero em pensar por esse lado:

"Meu ULTIMO ano na escola, depois disso nem Deus sabe como vai ser minha vida. Se eu não passar no vestibular esse ano meus pais vão ficar decepcionados (claro, depois que eu me matar e deixar uma carta contando o motivo)."

Medo.
Enfrentar um ano pesado, estudar que nem uma louca, ter que lidar com o povo e depois disso tudo ainda viver é um fardo complicado, e mais ainda, quando você vive em cima de algumas relações sem explicação, que podem simplesmente SUMIR.
Ano que vem não vai sobrar NADA, tudo vai se acabar.

Fika akele friozinho na barriga, e um pouco de ansiedade em ver como vai ser daqui para frente.
Esperando, falta tão pouco para voltar para a rotina de levantar 6 da matina e ir para uma escola que nos ultimos meses do ano passado, se tornou estranha para mim.
Mas parece que as coisas vão ser mais faceis pelo lado social esse ano, ainda mais porque eu to cagando e andando pra isso (desculpa o termo vulgar).

Sério, quem vai da bola para rolin, amigo falso, galera insuportavel, gente enfiando a faca pelas costas e fofoqueiros afim se o que tá em jogo pela frente, na verdade, é meu futuro.

E seja o que Deus quiser, feliz volta as aulas para quem volta e quem ja voltou!

Desabafooo...


Noossa, já pensei em escrever sobre tantas coisas, mas sl, preguiça somada com desanimo + minha mãe, torna minhas idéias apenas lápsos de pensamentos.
Acabo por me deparar com um bloco de notas em branco, sem ter o que falar.
É complicado, tenho vontade de escrever sobre exatamente algumas coisas, mas fica tão estúpido pensar em falar sobre o que só tem sentindo para mim.

Ótimo, o som do pc resolveu aumentar do nada com uma música do Latino ¬¬
*a única que eu escuto além dakela da cachaça, Amigo Fura Olho*

"Irmão tu tem que lutar por amor. Não me aconselha isso por favor. O marido dela não manda no seu coração. Você não sabe um terço dessa confusão." bis.

Xo abaxa antes que minha mãe berre do outro quarto... Infelizmente eu canto essa parte, a música é até engraçada.

Isso anda me irritando, qualquer coisa me distrai quando to concentrada em alguma coisa, mas quando eu to entediada NADA me distrai, isso tem lógica?
Eu to entrando em depressão já (exagero + força de expreção) com essas bobeiras, fora quando não me da de pensa no impossivel.

Lembro de cada coisa quando to tentando dormi de madrugada... esses dias pra tras me veio o Gabriel na cabeça, depois o Rafael Barbosa, aí lembrei das minhas antigas épocas de D.A.
Tanta coisa mudou e tá mudando, e eu me enganando com o que posso e aceitando o que vem.
Tudo normal por enquanto, mas até quando?
Quando a diversão vai se tornar perigosa, ou pior, quando o perigo será minha única diversão.

Eiitaaa vidinha estranha...